sexta-feira, 1 de outubro de 2010

SINDICATO DOS AUDITORES FISCAS

Fotos
ATUAL PRESIDENTE: MARLEIDE CARVALHO DE MACÊDO


O Sindicato dos Auditores Fiscais do Rio Grande do Norte foi fundado em 1989, pouco tempo depois da aprovação da constituição que legitimou a criação de sindicatos de funcionários públicos. Hoje, o Sindifern é um dos mais importantes e respeitados sindicatos do país, com mais de 700 fiscais filiados. A entidade tem como objetivo a luta em defesa dos direitos da categoria dos fiscais de renda, a manutenção das conquistas já alcançadas e a valorização e qualificação profissional.

Contando com uma equipe enxuta e muito dedicada, o Sindifern dispõe dos seguintes departamentos: Jurídico, Imprensa, Serviço Odontológico e Sindifern Saúde, desenvolvendo trabalhos específicos voltados para o bem estar da categoria.

O Sindicato também funciona numa sede própria, ampla e confortável, onde realiza cursos, confraternizações e oferece seus serviços. No auditório com capacidade para 130 pessoas, os auditores dispõem do que há de mais moderno em tecnologia de áudio e vídeo para conferências, seminários e palestras, com poltronas da melhor qualidade e espaço com acústica perfeita.

Algumas das principais preocupações deste Sindicato dizem respeito à imagem e a qualificação dos fiscais de rendas. Para tanto, são desenvolvidos diversos projetos, próprios ou em parcerias, na área de educação tributária e cursos de auditoria e informática, entre outros, para os AFRs.

Para conhecer um pouco mais sobre o nosso trabalho, entre em contato conosco:

Av. Alameda das Mansões, S/N, Candelária, Natal-RN
secretaria@sindifern.org.br - (84) 3206.7788
FONTE: SITE DO SINDICATO

sábado, 25 de setembro de 2010

EXTINTA COLETORIA ESTADUAL DE MARTINS

A extinta Coletoria Estadual foi criada pela Lei Provincial n° 516, de 16 de agosto de 1862 e ato de 3 de setembro de 1862, até 30 de abril de 1918, quando substituída pela Mesa de Rendas, em virtude do decreto nº 65, de 7 de julho de 1917. A instalação da nova repartição efetuou-se a 30 de abril de 1918, compreendendo Martins (sede), Portalegre e Patu. Na solenidade falaram os senhores Manoel Seabra, Miguel Pinheiro e Antônio Benicio de Faria. Assumiram suas funções FRANCISCO F. ARAÚJO, adminustrador da MESA; MANUEL A. SEABRA, Escrivão; e MANUEL PINHEIRO, GUARDA. Posteriormente passou a ser denominada de COLETORIA ESTADUAL, cuja repartição foi extinta em 1995

SERVIDORES PERÍODO
Francisco F. Araújo
Francisco Sérgio de Paiva - Adm. 1927
Reynaldo Mendes Barbosa - Adm. 1940 / 1944
Manoel de Melo Montenegro Barreto - Adm.
Raimundo Galdino de Lucena
Fernando Costa - Coletor
Antônio Lopes Filho - Coletor
Manoel A. Seabra de Melo - Ag. Fiscal
José Danilo Barreto - Ag. Fiscal
José Pinheiro de Souza - Ag. Fiscal
Manoel dos Santos Rosa - Ag. Fiscal
Jacinto Arruda Câmara - Ag. Fiscal
Manoel Barreto de Medeiros - Ag. Fiscal
Nilo Santiago de Freitas - Ag. Fiscal
Francisco de Oliveira Costa - Ag. Fiscal
Francisco Fernandes dos Santos - Ag. Fiscal
Antônio Corsino de Oliveira - Ag. Fiscal
Edilson de Oliveira Andrade - Ag. Fiscal
FONTE:LIVRO DE MARTINS E SITE DE MARTINS